sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Hoje vim falar de nós.


 

Hoje vim falar de mim, e do dia que resolvi me amar.
Do dia que resolvi sair no sol e sentir o calor ( e que calor) bater na pele e sorrir.
Vim falar de mim, do que me tornei, e do que me arrependo de ter sido.
Das vezes que chorei por você e pelas vezes que chorei por mim,
Vim falar das noites que não dormi pensando em você e onde você estaria e por que você, sempre egoísta e orgulhoso não podia me avisar.
De quando eu resolvi mandar você pro inferno e me mandar também.
(Nota mental: ser egoísta e orgulhosa também)
Hoje vim falar do dia que mesmo aquilo acontecendo, eu não quero ficar com você do lado,viver esse clichê, e de como quero.
De quando eu pude ter me amado, e conseguido olhar no espelho e dito "me amo".
Das vezes que tive vergonha de mim mesma e de quantas vezes eu prometi que amanhã eu ia mudar.
Dos dias que fiquei vendo as pessoas conseguindo o que elas queriam e eu estava ali estagnada.
Do dia em que você me disse que nunca me obrigara a nada.
Hoje vim falar, que eu podia ter meu cabelo enorme, minha barriga chapada, minha bunda redonda e a alma lavada.
Das vezes que não tive coragem de mudar a minha vida, e de procrastinar tanto que acho que dormi a vida toda.
Do dia que seu sorriso me fez achar que a vida pode ser boa e bonita. ( pode, pode, pode)
Do dia que te odiei e o quanto odeio de quanto odeio te imaginando  imaginando outras mulheres.
Das vezes que me olhei por dentro e por fora e disse, vai dar certo.
(vai dar eu sei que vai dar.)
De quanto eu quero ser má e te fazer sofrer e me amar, e te jogar, fazer você, sumir.
Eu sumir, mas antes eu precisava falar, do dia que eu resolvi parar de ser assim,



0 comentários:

Postar um comentário