terça-feira, 22 de abril de 2014

time after time

 
 Eu acordei, e você já não estava mais ali.
Há quanto tempo você ja não está mais aqui?
As coisas acontecem e eu ja não consigo mais absorver. "Você se acostuma". É eu acho que me acostumei mesmo, antes aquela que pensava tanto que até doía, hoje aquela que não quer mais saber de nada, que prefere se arrepender a não fazer nada.
Eu, agora acordo cedo, vou trabalhar, as 5 da manhã o vento gelado bate no meu rosto. A sensação é tão boa que eu mal consigo conter um sorriso. O sol ta nascendo e mais um dia começa. As pessoas passam na rua e parece que a todo momento eu posso te encontrar de novo, por acaso.
Eu, agora ja não penso mais tanto em como conseguir as coisas. " Você precisa ser mais impulsiva" você me disse isso uma noite dessas.
Uma noite dessas? 1 dia, 1 semana, 1 mês, 1 ano, dois, três, quatro...
E quando certas coisas são tão importantes que você não consegue superar?
" Você pensa demais no futuro", droga, você sabe ler mentes?
"Não sei não " e começava a rir de um jeito tão maravilhoso que eu ficava ali observando sentada no seu colo, ficava ali derretendo com toda aquela beleza, com toda aquela magia que rondava os nossos momentos bons juntos.
Eu acabei de acordar, e to saindo pra viver, mas é incrível como ainda sinto seu cheiro, ainda vejo seu rosto em corpos estranhos.
Não tão estranhos, ainda tenho você em mim.


0 comentários:

Postar um comentário